Notícias

Concessionárias superam baixa do mercado com espaços compartilhados entre marcas

05/06/2017
alt text

Modelo oferecido pela Motocar baseado na divisão de estrutura com marcas correspondentes ajuda a otimizar custos, fluxo nas lojas e geração de vendas.

São Paulo — Segundo dados da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - as vendas de automóveis em 2016 atingiram seu pior desempenho em 11 anos, com queda de 20,29%, comparado a 2015. Com estoques elevados, mas vendas e produção de veículos em declínio, a concessionária compartilhada tem sido uma opção para o mercado automotivo enfrentar a recessão e o baixo consumo.

De acordo com Carlos Araújo, diretor comercial da Motocar - primeira indústria do Brasil especializada em triciclos - a empresa é uma das pioneiras a permitir esse modelo e já possui seis showrooms com oficina inclusa. Os profissionais das oficinas recebem treinamento especializado de ambas as marcas para garantir a qualidade do atendimento e prestação de serviços. “Atualmente operamos nesse formato nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Sergipe. A nossa meta é chegar a 15 concessionárias compartilhadas até o final deste ano”, informa.

Para Araújo, a alternativa de negócios compartilhados na mesma estrutura cria vantagens para a operação. A estratégia melhora as vendas, pois atrai maior fluxo de pessoas para o estabelecimento e também ajuda a diluir os custos fixos que são necessários para o funcionamento de uma concessionária. “Com uma aplicação de baixo capital conseguimos reduzir as despesas mensais. O beneficio de duas marcas trabalharem juntas no mesmo espaço e dividirem até mesmo a oficina de manutenção é despertar o interesse mútuo para ambas as marcas, disponibilizar para os clientes mais uma opção de produto, em nosso caso o triciclo, e, com isso, gerar mais negócios,” comenta o empresário.

O espaço compartilhado é mais uma opção que as marcas podem usar como estratégia para melhorar as vendas, sem aumentar as despesas das concessionárias. Apesar de ser uma inovação para o setor o modelo que predomina no mercado ainda é o tradicional de bandeira única.

Motocar — Fundada em 2009 e com sede na Zona Franca de Manaus, a Motocar é a primeira indústria no Brasil especializada em veículos de três rodas. Produzidos nacionalmente, os triciclos Motocar são os únicos do país homologados pelo Denatran e Ibama.

Entre os modelos estão os destinados ao transporte de pequenas cargas, MCA-200 e MCF-200, e o de passageiros MTX-150. Por seu preço acessível, são utilizados principalmente por micro e pequenos empreendedores.                                                                                                                                                                                               goo.gl/QIYnVT